Democratização, Ensinamentos sobre Economia e Adesão à UE: o que Portugal e a Turquia Podem Aprender Um Com o Outro (DEEPT)

(2016-...)


Coordenação

Isabel David, PhD

 

Equipa de Investigação

Carlos Piteira

Tânia Ganito

Teresa Almeida e Silva

 

Consultores Externos 

Isabel David, PhD

Teresa de Almeida e Silva, PhD

Tiago Ferreira Lopes, PhD

 

Grupo de Investigação 

Médio Oriente e Ásia Central

 


 

 

Portugal e a Turquia localizam-se nos limites geográficos da Europa, no entanto, apesar da sua distância física, estes dois países partilham várias dinâmicas políticas e económicas, incluindo a sua ligação à UE.

A nível politico, Portugal e a Turquia percorreram trajetos semelhantes: como potências imperiais, ambos enfrentaram processos traumatizantes de descolonização e secularização forçada, interferência militar na política e autoritarismo. A nível económico, a instabilidade e as crises levaram à intervenção de agentes internacionais, com vista a estabilizar os países e evitar a bancarrota. A experiência de ambos os países em termos de convergência económica, poderá também fornecer algumas luzes sobre os desafios que se avizinham no que toca aos processos de integração regional – a expansão da UE levou à existência de um conjunto mais heterogéneo, causando conflitos relativamente à implementação da União Monetária, mas não económica.

Ainda assim, os estudiosos nunca viraram as suas atenções para estas realidades paralelas e não existem estudos com comparações entre ambos os casos. Como tal, este projeto pretende focar-se em Portugal e na Turquia, através de duas áreas diferentes, mas interligadas: a democratização e os ensinamentos económicos, eventos nos quais a UE tem sido um protagonista fundamental comum, serão tidos em consideração.

Desta forma, o DEEPT irá (i) investigar as semelhanças e diferenças entre os dois casos e (ii) usar os seus resultados como uma ferramenta para ultrapassar esta lacuna da literatura, (iii) fazendo esta comparação à luz das interações dos países com a UE e, consequentemente, (iv) avaliar as posições diplomáticas e políticas da UE relativamente a Portugal e à Turquia, levantando questões sobre os seus sucessos e fracassos. Por conseguinte, será possível (v) analisar que ensinamentos e boas práticas poderão ser retirados de ambos os casos e quais deles serão adaptáveis à realidade do outro país. Por último, a implementação do DEEPT tem como objetivo (vi) promover um aumento considerável na cooperação entre Portugal e a Turquia, em termos diplomáticos, económicos e culturais.

 

voltar ao topo

Daxiyangguo - Revista Portuguesa de Estudos Asiáticos

Revista de Imprensa Asiática Principais Notícias

  • sexta, 23 fevereiro 2018 Palestina - EUA - ONU

    Speaking to the Council after almost nine years, Abbas said Palestine will push for full membership in the UN, where it now has only observer status, and that would be a condition for a peace settlement.

     

     

  • sexta, 23 fevereiro 2018 ONU - Camboja

    The Senate yesterday passed controversial amendments to the Constitution and Penal Code despite an appeal from the United Nations to reconsider their impact on free speech and political participation.

  • sexta, 23 fevereiro 2018 China - Myanmar

     

    The Belt and Road Initiative puts Myanmar’s natural capital and the lives and livelihoods of 24 million people - half of the country’s population - at risk, according to a report from World Wide Fund for Nature in Myanmar.

     

     

Ver todas